segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O Amor de Deus

v  João 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

v  Romanos 8:38-39

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

v  I Coríntios 13:4-7

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.“


Desenvolvimento

                Jesus nos ama não pelo o que nós fazemos, mas pelo o que nós somos. Somos sua criação e ele nos conhece, cada um. Jesus certa vez disse que até os cabelos de nossas cabeças estão contados (Mateus 10:30).
                Ele nos conhece de forma tão íntima que sabe que na verdade o bem que nós queremos nós não fazemos, mas o mal que não queremos nós acabamos fazendo (Romanos 7:19).
                Quando nós seguimos alguém, não é somente pela autoridade que esta pessoa possui, mas pelo amor que ela demonstra pelo o que faz. O amor conquista.
                É assim o Amor de Deus. Ele nos ama de tal forma que conquista o nosso coração, o nosso respeito, as nossas obras.
                Quando entendemos que uma pessoa nos ama, com um amor tal capaz de realizar uma grande doação, passamos a amá-la também. O amor gera amor.
                Entenda que para ser feliz, para ser próspero, para cumprir os mandamentos, para viver bem, é necessário que se aprenda a amar. Amar a Deus sobre todas as coisas, amar o próximo como a ti mesmo. Aprenda amar, aprenda a ser amado. Entenda que Deus ama você de uma forma sobrenatural.
                Ame.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário